top of page
  • Foto do escritorEdgard Gonçalves Cardoso

Como me apaixonei por ensinar

Atualizado: 21 de fev. de 2022

Nossa... eu começo até a chorar quando penso nos fatores que me levaram a transmitir o pouco que sei...

Na realidade, se eu for parar para pensar, eu nem sei exatamente quando comecei...

Eu tenho algumas vagas lembranças de quando quando estava no prézinho, com 5 anos, e ajudava um coleguinha chamado Rafael...

Na 1ª série do ensino fundamental eu já emprestava meu cadernos para os colegas da turma...

Acho que nasci para ser professor... Mas não penso que nasci para ser o tipo do professor que se julga detentor do conhecimento e da razão... mas sim o professor que instiga, que provoca, que debate, que discute... que aprende junto com os alunos... E foi com essa minha visão que aprendi a ensinar, que me apaixonei por ensinar...

Debater com os alunos, ouvir o ponto de vista deles, trazer fatos novos ao ambiente de ensino e aprendizagem, entre outros, tudo isso é fantástico... é apaixonante...

Realmente, pensando mais um pouco aqui, eu me apaixonei por ensinar desde pequeno... eu contava histórias para meus irmãos desde os 4, 5 anos de idade... e eram histórias bem legais, heinnn... eu contava piadas (ruins desde pequeno, rsrs), ensina músicas (que eu mesmo inventava do nada)...

Ensinar é algo que realmente amo...



73 visualizações1 comentário

1 komentář


Adriano de Freitas͜
Adriano de Freitas͜
19. 6. 2021

Educador é vocação, algo que nasce de um grande amor, de uma grande esperança, que se define na essência do ser, de querer a evolução daqueles a sua volta. Excelente caro amigo professor!

To se mi líbí
bottom of page