top of page
  • Foto do escritorEdgard Gonçalves Cardoso

Internet das coisas aplicada à manutenção



A internet possibilitou que as tecnologias máquina a máquina (M2M – Machine to Machine) atingissem um nível de comunicação avançada, envolvendo serviços, pessoas, máquinas ou qualquer objeto físico com sistemas embutidos (FIRJAN, 2016).



Essa rede de objetos físicos, sistemas, plataformas e aplicativos com tecnologia embarcada para comunicar, sentir ou interagir com ambientes internos e externos é denominada Internet of Things – IoT (ou Internet da Coisas, em Português) (FIRJAN, 2016).

Isso resulta na necessidade de uma infraestrutura de rede que interliga objetos físicos e virtuais, gerando um grande volume e processamento de dados, os quais desencadeiam ações de comando e controle das coisas.

No conceito de manutenção 4.0, a Internet das Coisas permite novas análises e percepções, sendo a aplicação mais elaborada, atualmente, a manutenção preditiva combinada com a análise de Dig Data.


Referência

FIRJAN. Indústria 4.0: Internet das Coisas. Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, p. 38. 2016.

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page